Publicação em destaque

Brejo da Madre de Deus, um importante município no agreste pernambucano; tem a origem do seu nome em virtude de um acidente geográfico: um vale formado pelas serras da Prata, Estrago e Serra do Ponto.

Em 1751, às margens do riacho, batizado como Madre de Deus, os padres da congregação São Felipe Nery fundaram um hospício e que um ano depois, em 1752, os religiosos estabeleceram-se no local onde hoje está localizada a sede do Município, dando aí início ao seu desenvolvimento.

Uma cidade de belezas naturais que fascinam, paisagens, flora e fauna ricas em diversidades e com água em abundância fazem do Brejo da Madre de Deus, um lugar ideal para viver.

Mata do Bitury, reserva natural de mata atlântica com aproximadamente 600 hectares, situada a 1.050 metros de altitude; nela encontramos árvores centenárias e de grande porte, córregos perenes.

Confira a postagem completa: AQUI

Vídeos mais visualizados

Publicações por temas: